segunda-feira, 6 de maio de 2013

Boas e más notícias sobre a série Flying Customs da Hot Wheels

Anos atrás a Mattel percebeu que uma série adulta tem que ter pneus de borracha em suas miniaturas para vender bem. Foi aí que ela cancelou as séries Classics e Since '68 e começou a produzir séries com um apelo mais realista. O tempo passou, e recentemente a Mattel voltou a fazer miniaturas com rodas de plástico, cobrando mais caro por isso: a série Hot Ones e a mais recente Flying Customs.

E não é novidade para ninguém que a série Hot Ones não vendeu bem, e que também a série Flying Customs tem sido fraca de vendas. Tudo bem que os modelos são bem legais, e eles são uma homenagem a séries dos anos 80 da Hot Wheels, mas nada disso importou muito para quem não quer pagar mais caro por miniaturas com rodas de plástico. O resultado disso, é que alguns dos 8 lotes de 2013 que seriam produzidos, foram cancelados, e teoricamente apenas os melhores modelos sairão nos próximos lotes.

A boa notícia é que os belos modelos abaixo já estão na fase de protótipos (com códigos na carroceria), e a má notícia é que dependendo das decisões da Mattel, eles talvez nunca cheguem até as lojas. Vamos torcer para que pelo menos o Chevette resista a este corte.

• '76 Chevy Chevette, Nissan Skyline 2000GT-R, Jeep CJ-7: o Chevette é a versão americana do carro que tivemos em nossas ruas nos anos 70 e 80. As fotos foram tiradas pelo designer Steve Vandervate da Mattel e postadas apenas no Red Line Club.

18 comentários:

  1. Essa serie promete.. E nao acho q foram as rodas de plastico q fazem series fracassar e sim os valores..

    Essa serie nova vai vender super bem pois ate agora so saiu minis muito bem feitas...

    ResponderExcluir
  2. Um Chevette dragster... quem diria.
    Gostei também do Skyline. Se aparecerem talvez venham pra coleção.

    ResponderExcluir
  3. Chevy Chevette...
    Bem que ele poderia ser adaptado ao modelo brasileiro não é mesmo?
    Gostei muito da Skyline, ja vi essa série por aqui, mas sempre com minis feias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E dalhe custom! Hehehe vamos fazer virar um chevette legitimamente brasileiro! Kkkk

      Excluir
  4. Me chateia como a Mattel gosta de soltar as melhores miniaturas por último, deixando os primeiros lotes com miniaturas "sem sal" , que na minha opinião é o que acontece na maioia das séries 'premium' da HW.
    Os lojistas compram lotes com miniaturas que não agradam as crianças e fisgam poucos adultos. As miniaturas encalham, os lojistas deixam de comprar os lotes seguintes, e os colecionadores não recebem as miniaturas que realmente chamam a atenção. A Ri-Happy aqui em Uberlândia-MG tem uma prateleira entupida de Hot Ones do lote A (sim, aquele lote de 2011). Não aguento mais ver aquele mundo de 70's Camaro Z28 com uma decoração tão vívida quanto comida de hospital. Argh.
    A PB Kids, por sua vez, comprou o primeiro lote dos Flying Customs, e espero não passar anos visitando a loja e encontrando os mesmos Plymouth Arrow e os infelizes Dumpin' A.
    O Wallmart da cidade comprou uma tonelada de Mainline há uns meses. Ainda dá para encontrar miniaturas de 2011 com facilidade por lá. Algo me diz que não vão repor o estoque de HW deles tão cedo. Às vezes aparecem umas séries especiais por ali, mas infelizmente eles se empanturraram de Cars of the Decades que simplesmente não vendem. O AE86 preto com cinza era um carrinho que eu queria, mas não achei um com a pintura decente. Passei.
    Começaram a aparecer uns Jukebox por lá, e peguei o Civic (HipHop) e o Camaro (Grunge). Só.

    Aí me aparecem esse Chevette que é uma belezinha e um Skyline que é um pitél, acompanhados da notícia de que a série talvez não vingue, e as miniaturas talvez nem cheguem às lojas. Agora que os modelos toscos começam a rarear e os carrinho que realemnte interessam aparecem... fim da série.
    Notícia amarga, tal qual o fim precoce dos Hot Ones, fazendo com que os últimos modelos se tornassem coisa rara, rara. Maldade. Justo quando eu me preparava para torrar um dinheiro para comprar praticamente um lote inteiro. '87 Hilux; Dodge Rampage; Spoiler Sport; Toyota Supra; Hare Splitter; Sunawagon; Blazer 4x4; Subaru Brat; Cadillac Seville... pois é.
    Se existissem alternativas aos Hot Wheels nas lojas do Brasil afora, eu não me importaria tanto. Mas só vejo HW. Tudo quanto é lugar em que eu vou, é só HW. HW. HW.
    Saudades dos tempos (não tão distantes) em que eu ia ao shopping, e podia escolher entre marcas. Se o lote de Hot Wheels estivesse fraco, eu gastava meu dinheiro nos Matchbox, Majorette ou mesmo Maisto.
    Agora, é só HW e Maisto. E as miniaturas decentes da Maisto são contablizadas nos dedos de uma única mão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente na Collector a Mattel ainda tropeça muito... o que ela melhorou esse ano na distribuição da Mainline os Collectors ela ainda insiste nos mesmo erros de sempre... infelizmente....

      Excluir
  5. Esse Skyline está um pitel. A versão sem decais é legal também, mas esse aí arrebentou.

    Já o Chevette, se sair mesmo, acho que vou esperar a versão mainline.

    E assino embaixo aí do BroettoNavarro.

    ResponderExcluir
  6. E que venham os encalhes da Cool Classics!!!!

    ResponderExcluir
  7. Se vierem, vou a insolvencia pois quero todos.

    ResponderExcluir
  8. é até repetitivo falar isso mas o problema de todas as séries da hot wheels estão esbarrando em valores mesmo
    R$ 10.00 por Jukebox ou Decades que são idênticos ao acabamento de mainline? que por sinal ter subido pra R$ 6.00 os mainline ja parece um pouco acima, mas é crise né, impostos, taxas, etc

    A Flying Custons é uma série bonita, belas minis e o acabamento classico, mas custando R$ 13,00 ja da diferença só de 2 reais para os Boulevard, que ja são os mesmos dos antigos Garage que custavam os 13 antes, e os Hot Ones empacados estão a absurdos 15 reais aqui também

    e la vem a Cool Classics custar praticamente os mesmos 15 e com pneus de plastico =/

    ResponderExcluir
  9. Por que não lançam um pack de T-Hunt$ de anos anteriores ao preço unitário dos Retrô ???
    Seria simplesmente o maior sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fazem isso. A caixa de T-HUNT 2010 estava sendo vendida na Seeman por R$300,00 em liquidação, ficou um tempão e ninguém queria. Hoje tem Madre Tereza pedindo 1.000 num site de trocas aê!!!! Por mim, vai mofar!!!

      Excluir
    2. Ia esquecendo, a Firewheels tem caixas de t-hunts antigos à venda!!!

      Excluir
    3. Ia esquecendo, a Firewheels tem caixas de t-hunts antigos à venda!!!

      Excluir
  10. Sim.... existem caixas de T-Hunt$, mas os preços são absurdos (exceto o caso da promoção da Semaan). São itens especialíssimos, com tiragem muito limitada.
    Quis me referir ao preço da Retrô, pois ele é o mais caro até o momento e ainda assim viabiliza os produtos. Sem os licenciamentos dos filmes, esse valor daria um lucro muito maior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Emir, mas aí acabaria a palhaçada da "caça aos Superized" e isso a Mattel não quer!!! Para ela é super interessante essa correria desenfreada por carrinhos mainline com o diferencial da rodinha de borracha!!! Tem gente super apaixonada pelas cacalhadas e quando chega na loja um Boulevard Fiesta, um Chevelle, um Honda por R$15,00 fica lá empoeirando, encalhada na gôndola!!!

      Excluir
  11. depois q olhei para aquele chevette fiquei sem folego mexendo meus braços loucamente,gritando UAU UAU! sério eu amo chevettes

    ResponderExcluir
  12. Seria bom mesmo se a Mattel lançasse uma série, tipo "Brazillian Cars", apenas com os modelos nacionais, desde os antigos até os atuais... Com certeza, eu entraria em insolvência...

    ResponderExcluir